Sábado, 15 de Março de 2008

Letra E

Engenharia Biomédica - é uma área que integra princípios das ciências exactas e ciência da saúde, desenvolvendo abordagens inovadoras aplicadas na prevenção, diagnóstico e terapia de doenças. Esta área da Engenharia está em grande expansão e dedica-se ao desenvolvimento e produção de próteses, instrumentos médicos, equipamentos de diagnóstico, e ao estudo dos organismos vivos do ponto de vista da engenharia. Além disso, os Engenheiros Biomédicos estão aptos a ocupar cargos em hospitais e clínicas (administração hospitalar), industrias e empresas da área médica (elaboração e desenvolvimento de novos equipamentos) e universidades (pesquisa). A Engenharia Biomédica é uma área multidisciplinar que conjuga conhecimentos de química, física e biologia bem como as técnicas de engenharia química, engenharia electrónica, engenharia biológica, engenharia dos materiais, bio informática, bioengenharia e engenharia física.

Electrocardiograma (ECG) - exame médico na área de cardiologia onde é efectuado o registo da variação dos potenciais eléctricos gerados pela actividade eléctrica do coração.

Electrocardiógrafo –Um electrocardiograma não é mais do que um registo da actividade eléctrica do coração, que é obtido através de pequenos eléctrodos metálicos, colocados nos pulsos, tornozelos e, obviamente, no peito. Estes eléctrodos captam e amplificam os sinais decorrentes dessa actividade eléctrica cardíaca, sinais esses que em seguida são transmitidos ao aparelho de ECG, onde são convertidos em determinados modelos padrão (ondas).

Eléctrodo – pequenas placas metálicas conectadas a um fio condutor.

Eléctrodos do plano frontal – formam as derivações periféricas – bipolares ou unipolares.

 

Eléctrodos do plano horizontal – formam as derivações precordiais, unipolares.

 

Enfarto - morte celular num determinado ponto ou conjunto de tecidos (necrose) e traduz no ECG com o aparecimento de ondas Q patogénicas. O diagnóstico desta doença requer uma comparação com traçados prévios e com o quadro clínico do paciente e, às vezes, dados de laboratório (marcadores de necrose miocárdica).

Eixo - serve para verificar se a movimentação das ondas do coração estão no sentido normal. Se o indivíduo tem um enfarto numa determinada área cardíaca, há um espaço morto naquele local. Neste caso, a onda não reflecte nesse espaço, e sim, se desvia, desviando o eixo.

Extra-sístole atrial - estimulação prematura, proveniente de um foco atrial (não o nódulo sinusal). Produz uma onda P anormal antes do tempo previsto.

 

Extra-sístole nodal -  estimulação prematura, que se origina de uma descarga ectópica no nódulo AV, de modo a que o impulso caminhe normalmente para baixo nos ramos de feixe de His.

 

Extra-sístole ventricular - origina-se de um foco ectópico ventricular, sem onda P e com QRS diferenciado.

Eléctrodos exploradores  -  definem as derivações de acordo com a posição dos eléctrodos.

 

publicado por bioengenhariaestgp às 23:44
link do post | comentar | favorito

.o nosso curso

.pesquisar

 

.Março 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
16
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Bioengenharia na ESTG de ...

. Introdução sobre a Bioeng...

. A História da Bioengenhar...

. Glossário de Termos relac...

.Arquivo

. Março 2008

.Glossário

. Glossário de Termos relac...

. Letra A

. Letra B

. Letra C

. Letra D

. Letra E

. Letra F

. Letra G

. Letra H

. Letra I

blogs SAPO

.subscrever feeds